Nova tendência, condomínios residenciais aderem ao coworking

Nova tendência, condomínios residenciais aderem ao coworking

Trabalhar, morar, compartilhar. As três atividades têm se misturado em mundo onde a integração entre pessoas e negócios nunca foi tão presente e necessária.

Como isso é possível? Através do coworking. O mundo conectado possibilitou a descentralização das atividades de trabalho. Para algumas áreas, já não é mais necessário ficar o dia todo no escritório, as pessoas passaram a trabalhar de casa. Mas dividir o espaço onde acontecem as atividades do lar com o trabalho nem sempre é simples, as tarefas de casa, a campainha, o telefone, uma visita inesperada, tudo isso pode tirar o foco e atrapalhar o desenvolvimento.

O coworking foi a solução encontrada para quem precisa trabalhar em um espaço com estrutura de escritório sem estar preso o dia todo dentro de uma empresa. Essa tendência de mercado ainda oferece a vantagem do network, já que possibilita reunir profissionais de diferentes segmentos e permite que eles tenham flexibilidade de horários, recebam toda a estrutura de um escritório como mesas, internet, salas de reunião que podem ser alugadas conforme a necessidade e até espaço para tomar um café.

Seguindo esse novo conceito de trabalho, os condomínios residenciais também têm passado por adaptações e estão dividindo seus espaços com os espaços de coworking e tudo isso de um jeito muito seguro. Os escritórios compartilhados costumam ser disponibilizados apenas para os moradores, evitando problemas relacionados à segurança.

Todas essas novidades podem proporcionar vantagens para os profissionais que não precisam estar alocados diariamente em um escritório fixo, mas que necessitam de algumas horas em locais preparados para o trabalho que irão desenvolver.

Os empreendimentos imobiliários hoje estão adaptando seus espaços para receber essa nova tendência, que simboliza mais que um novo modo de trabalhar, mas um novo jeito de viver, compartilhando espaços e experiências.

Receba as melhores ofertas no seu e-mail