Câncer de mama: previna-se!

Câncer de mama: previna-se!

Chegamos ao Outubro Rosa, o mês de conscientização sobre a prevenção contra o câncer de mama. Este é um período muito importante, que serve como um lembrete para o ano todo! Todas as mulheres podem e devem tomar algumas precauções para garantir que a doença esteja longe ou, caso exista, que ela seja detectada em estágio inicial.

O câncer de mama é um dos tipos de tumor maligno mais comum entre as mulheres; não podemos deixar de falar sobre um assunto dessa magnitude. Que tal aprender algumas formas de se prevenir?

Dicas para a prevenção

Alguns hábitos saudáveis já ajudam muito a evitar o câncer. Entre eles estão:

· Praticar atividades físicas, especialmente aeróbicas;

· Controlar a alimentação, fugindo de alimentos industrializados;

· Não fumar;

· Não beber em excesso;

· Fazer exames periódicos.

Todos esses pontos influenciam o seu organismo diretamente. O sedentarismo o enfraquece, bem como a má alimentação; muitos dos alimentos que mais consumimos possuem agentes cancerígenos, o que torna importante investir em uma dieta mais natural.

O tabagismo deve ser evitado a qualquer custo. Estima-se que 30% de todos os cânceres tem origem no cigarro, inclusive em casos de fumantes passivos. Ele também é a principal razão de morte evitável no mundo todo, segundo a Organização Mundial da Saúde. Já o álcool é responsável por algo entre 2% e 4% das mortes por câncer, já que ele influencia no desenvolvimento dos tumores.

Os exames de prevenção são aqueles feitos pelos médicos e o que pode ser feito por você mesmo (inclusive por homens!). O autoexame é o toque que deve explorar toda a área das mamas em busca de algum nódulo. Vale dizer que, ao encontrar algum, isso não quer dizer necessariamente que exista um câncer. Daí entra a importância de ir ao médico: apenas um profissional confirmará ou descartará a possibilidade com certeza. A partir dos 35 anos, as mulheres devem fazer essa visita a cada dois anos, mesmo que realizem o autoexame.

Agora que você já sabe um pouco sobre como é a prevenção, é hora de mudar alguns hábitos! Lembre-se: vale mais prevenir do que remediar.

Receba as melhores ofertas no seu e-mail