5 dicas para comprar apartamento usado

5 dicas para comprar apartamento usado

Entre tantos empreendimentos novos surgindo, algumas pessoas ainda procuram um apartamento usado para chamar de seu. As razões são variadas. Eles costumam ficar em regiões já muito bem estruturadas, por exemplo, e são maiores do que a metragem média atual, já que foram construídos há mais tempo.

Apesar dessas vantagens, é preciso ficar de olho em alguns pontos antes de fechar negócio. Confira as dicas que selecionamos para que você encontre o melhor apartamento usado para o seu estilo de vida!

1. Conheça o bairro

Mesmo que você já saiba alguma coisa sobre o entorno do prédio, o ideal é ver com seus próprios olhos. Visite o bairro em diferentes horários, verifique a facilidade de transporte, o comércio, a segurança etc. É a melhor forma de ter uma ideia sobre o seu dia a dia caso você more lá.

2. Leve um corretor para a vistoria

A vistoria é o momento mais importante da procura por um imóvel, especialmente se ele é usado. Você deve avaliar todos os detalhes e é bem fácil deixar de se atentar em alguma coisa se você não tiver ajuda profissional. O corretor, além de te ajudar a encontrar o apartamento que mais combina com seu perfil, também sabe identificar os problemas que podem dar uma dor de cabeça mais tarde.

Na vistoria, verifique também os fatores que não são necessariamente defeitos, mas que podem influenciar (positivamente ou negativamente) na sua qualidade de vida. A iluminação natural, por exemplo, é um deles, bem como a vaga de garagem em relação ao tamanho do seu carro, o andar do ap, as áreas de lazer e de convivência do condomínio e tudo mais.

3. Analise o condomínio

Por falar nele, está aí algo que não pode ser ignorado. Procure focar em prédios que oferecem áreas que você e sua família realmente podem e pretendem usar. Se você acha interessante um salão de jogos, uma piscina e um espaço fitness, por exemplo, não deixe de incluir esses desejos na procura. Contudo, se você não acha que vai realmente usar esses espaços, não há razão para pagar por eles. Avalie sempre seu custo-benefício. Além disso, o condomínio já está em pleno funcionamento, então você pode confirmar se tudo funciona corretamente.

4. Leia o estatuto do condomínio

Viver em apartamento significa ganhar algumas facilidades e abrir mão de outras, afinal, todos compartilham o mesmo prédio. Além do que o condomínio oferece, leia o estatuto para descobrir o que ele proíbe ou limita de alguma maneira. Se você tem um bichinho de estimação, imagine como seria não poder levá-lo para o apartamento novo? Confirme se as regras do local estão de acordo com seu plano de vida.

5. Confira toda a documentação

Esse é outro momento no qual o corretor é o profissional indicado. Você pode checar a documentação por si mesmo, e deve fazer isso mesmo, mas quem tem o maior domínio sobre os porquês e os poréns é o corretor. Ele possui a qualificação para confirmar a credibilidade dos documentos.

Esses são cuidados simples para comprar apartamento usado. Vale a pena tomar algumas precauções para não se preocupar mais tarde!